Total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Dia da Consciência Negra



Patrono : Ariano Suassuna.
Acadêmica : Emilia Guerra.
Cadeira : 04

CONSCIÊNCIA NEGRA (Emília Guerra)


Na vida de diferenças
acolhemos cada ser
na própria forma peculiar.

Temos uma coisa guardada
dentro do nosso ser e alma
nosso coração que nos fala...

Nosso coração é definido
com o som bem batido
de uma única cor: O amor!

E, na Consciência Negra
meu coração toma partido
no grito de alerta que desperta.

Na busca da justiça de um povo
de origem africana no meu sangue
da cor do meu e seu coração.

Um legado acolhido e por muitos
mal entendido no asco do preconceito
na casa dos que não entendem nada direito.

Não enxergam o sol, as estrelas e o luar
o lugar de todos, para viver, sorrir e sonhar
no entorno de cada crença, raça e diferença.

Meu pedido de perdão pela discriminação
e falta de consciência pela feia atitude
esperando que tudo mude.

Meu respeito e apreço, ao legado
que carrego comigo e dou abrigo
na minha Consciência Negra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário