Total de visualizações de página

domingo, 24 de janeiro de 2016

EVENTO: APOGEU POÉTICO - MODERNO Tema : Esperança









EVENTO : APOGEU POÉTICO - MODERNO
Tema : Esperança
Patrono: Carlos Drummond de Andrade
Acadêmica : Sônia Gonçalves
Cadeira : 14


Júbilo D’Esperança

Ao alinhar os sentidos em conjunção
Chove aleluia em crepitar d’esperança
Otimista o amor depura em junção
Inspira faz da tempestade bonança

A conspiração está no alinhamento
Na união dos quatro pontos cardeais
Na astrologia no moinho d’vento
Na poesia banhada com águas d’sais...

Nas causas d’efeitos bicolaterais
No trajeto do Sol e gozo refletor
Na convergência das coisas banais
Importante é a rosa dos ventos amor...

Mantras e coisas surreais são meros ledos
O ponto G é súbito susto subconsciente
O ignoto desperta esperanças e medos
Cria o incógnito o desejo onipresente...

Deita na conta do Supremo essa súplica
Faz da gota d’orvalho a extrema unção
Dá alegria ao viver a canção mais lúdica
Da morte súbita quem sabe bênção...

O peso do juízo dá á balança precisão
A carne do pecado ás vezes necessita
A esperança é saber um quê d’profetização
E cada qual rubrica igual o quilo que credita...

Son Dos Poemas

Nenhum comentário:

Postar um comentário