Total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de maio de 2016

APOGEU POÉTICO: MODERNO TEMA: LIBERDADE*BY* Acadêmica: Sheila Santos



Patronesse: Clarice Lispector

Acadêmica: Sheila Santos

Cadeira: 10

APOGEU POÉTICO: MODERNO

TEMA: LIBERDADE

Libertem as palavras!!!

Não é o gesto que choca,
Nem o atrevimento que incomoda...
Tal como a atitude que fere o brio dos acomodados,
O que amofina e tortura a alma do covarde
É a liberdade...
Talvez seja esse espírito livre, inquietante,
De quem realmente diz e escreve
O que pensa e o que sente,
Que tanto, ao farsante, amedronte...

Não é o dançar sensual e libidinoso
De palavras muitas vezes despudoradas,
Mas poeticamente encaixadas, que o chocarão...
O que constrange o hipócrita é, tão somente,
O intento mal sucedido,
Da repressão do desejo incontido,
Que, como luzes reluzentes,
Ruborizam, sinalizam e denunciam à mente,
O que diz seu pensamento malevolente...

Será que ninguém percebe?
As palavras são livres...
Não adianta tentar prendê-las, ofendê-las,
Como se culpadas fossem...
Não é as repreendendo que conseguirão calá-las...
Não é tentando escondê-las que elas deixarão de existir...
Talvez, se lhe fossem imputadas qualquer delito,
Fosse a de ter servido como ponte ou mero veículo
Na libertação do coração constrito
De um trovador apaixonado...

Mas, caso existisse mesmo um culpado,
Talvez o fosse o sentimento...
É ele quem materializa a essência
E, em se tratando de palavras sentidas,
É tão somente dele, o dom da vida,
Aquela lágrima embutida no versar da poesia...
São eles, os sentimentos...
São eles que gritam no silêncio dos que sentem...
São eles que sublimam no corpo o desejo,
Que evidenciam na alma e na mente
O que fica impossível de esconder...
Clamo aos deuses, aos sete ventos,
Por favor, não tentem reprimir as palavras...


Ah... e deixem livres também os sentimentos...














Aliesh Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário