Total de visualizações de página

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

D'Alma D'Primavera




Patrono: Carlos Drummond de Andrade
Acadêmica: Sônia Gonçalves 
Cadeira: 14

D’Alma D’Primavera


A alma é colorida e matizada...
O rubro mais divertido faz fluir
O esboço do sorriso vira risada...
E o meio embevecido agradece por vir

Anjos sorriem do pedestal radiante
Beija-flores bebericam mel d’primavera
O sol reluz sobre as pedras d’diamante
E tudo fica perfumado na atmosfera...

A dama soberana espalha seu buquê
Com poção floral perfuma os caminhos
Inspira a realidade por vezes clichê
Cobre o céu com manto de passarinhos

D’alma primaveril tudo se espera
A visão embriaga a garganta canta
A natureza conspira e suspira primavera
O mundo vira flores d'utopia e tudo planta...

Surta as loucuras d’todo pensamento
Parada dessa florista paisagista ambiental
Amor d’primavera com cheiro d’vento
Dama da estação Eva nua além do quintal...

Son Dos Poemas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário