Total de visualizações de página

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Homenagem a ANTÔNIO ALEIXO ___João Urague




Patrono: Fernando Pessoa
Acadêmico: João Urague Filho
Cadeira: 02
Homenagem a ANTÔNIO ALEIXO (patrono da A.V.L.)


MEU AMOR, VÊ SE TE AJEITAS,
A USAR MEIAS MODERNAS;
DESSAS MEIAS QUE SÃO FEITAS,
DA PELE DAS PRÓPRIAS PERNAS.
ANTÔNIO ALEIXO

SEGUINDO AS PEGADAS DA QUADRA EXPOSTA ACIMA:

Meu amor vê se acostumas,
Calçar luvas pelas mãos;
Não as luvas que te arrumas,
Mas da pele que elas são.

Meu amor, desfaz esse penteado?
Solte ao léu os teus cabelos...
Pois que são por anelados,
Delícias por remexê-los..

Deixa de passar batom,
Pois que são por naturais;
Teus lábios como botão,
De flores celestiais.

Não passa esse pó no rosto,
Que borra no teu semblante,
Em nome do que proposto,
Não sabe o belo de antes.

E por último, meu amor,
Por tudo que se revela...
Quanta roupa por pudor,
Se por debaixo és tão bela!

João Urague Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário