Total de visualizações de página

domingo, 18 de outubro de 2015





Patrono: Carlos Drummond de Andrade
Acadêmica: Sônia Gonçalves
Cadeira: 14

Carta Ao Professor

Ao Professor do meu mundo real...
Tua pupila de saber nutrido
Por teu olhar estrelado e ar boreal
Toda poesia é pra ti meu querido...

Ao professor do meu mundo cientifico
Olhando teus olhos ao sol letrado
Há tanto saber em teu ser intrínseco 
Agradeço o teu saber partilhado...

Meu professor gentil tão amado...
Tua lembrança é mantra lúdica canção...
Contigo aprendi saber amor somado
Decifrar equacionar o x da questão

Soletrar tua poesia versando as letras
Meu mestre carinhoso e cavalheiro
Marinheiro das brumas de fantasias
A ti meu todo amor único e primeiro...

Nas letras recicladas desenho tua lembrança
No apogeu d’alma minha ouço teu canto didático
A sopa de letrinhas é sempre amanhã esperança
E o som que me ensinaste meu bem pragmático

Na bagagem o ventre livre é o livro do profeta
Na língua interrogação nas rimas expressão poéticas
Há tanta magia em teu ser professor poeta...
Um mundo de poesias em ordem alfabéticas...

Ah!...Professores são corujas sapientes...
Cientistas que separam o joio do trigo
São preceptores com mentes brilhantes 
Prazer te conhecer fazer teu saber meu abrigo!
Meu amado querido professor...

Son Dos Poemas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário