Total de visualizações de página

domingo, 24 de janeiro de 2016

VENTO : APOGEU POÉTICO - CLÁSSICO Tema : Esperança



EVENTO : APOGEU POÉTICO - CLÁSSICO
Tema : Esperança
Patrono: Antero de Quental
Académico: José Manuel Cabrita Neves
Cadeira :07


ESPERANÇA

Como quem espera, olhando o horizonte,
Um novo dia feito de esplendor,
Assim a noite cai, junto ao sol-pôr,
Sem nada que a perturbe ou amedronte!

Há sempre um amanhã em cada alvor!
Há sempre água a correr em cada fonte!
Há sempre uma colina além do monte!
Há sempre no porvir, algo melhor…

Há um sonho constante em cada dia,
Que alimenta o futuro na magia,
Em q’ ansioso o coração balança…

Há uma força interior, estranha, profunda,
Que de estrelas e luzes nos inunda,
Que nos dá vida, alento, fé e esperança!...

José Manuel Cabrita Neves

Um comentário:

  1. Mais uma vez obrigado poetisa Sonia Gonçalves pelo gentil trabalho neste Blogue. Já compartilhei o meu poema que como todos, ficou muito bonito.

    ResponderExcluir