Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

APOGEU POÉTICO – TEMPO DE VIVER – LUIZ BERNARDO



Apogeu Poético – Clássico
Patrono: Rubens Alves.
Acadêmico: Luiz Bernardo.
Cadeira: 29

Tempo de viver

Tempo de viver minha vida mais amena
De tomar meu café sentado na sacada
Olhar o sol nascendo de forma serena
Andar sem rumo beirando uma enseada
Passar à tarde sem o estresse cotidiano
O dia corre sem me preocupar com nada
Compensar a pressa que tive esse ano
Voltar para casa com minha alma lavada
Ao entardecer armar a rede na varanda
Ouvir som de viola com a pessoa amada
Fazer somente o que o coração manda
Em uma noite particularmente enluarada
Sentar perto da fogueira com a criançada
Beber meu vinho e comer um bom assado
De manhã acordar ouvindo essa passarada
Tenho é que viver mais tempo apaixonado
Luizão Bernardo / Seropédica – RJ
20/07/2016
— em Seropédica

Nenhum comentário:

Postar um comentário