Total de visualizações de página

sábado, 15 de outubro de 2016

APOGEU POÉTICO TEMA - SOLIDÃO - SOLIDÃO" – JOSÉ MANUEL CABRITA

Entre quatro paredes, nuas, frias,
Com cheiro a história, a mofo, a humidade,
Há um silêncio imenso, uma saudade,
De tempos idos, risos, alegrias!

Há uma nostalgia, uma vontade,
De pôr um fim aos anos e aos dias,
Alimentando ideias doentias,
Que o desespero atroz a mente invade!

Há sonhos que ficaram p’lo caminho,
Antes de envelhecer, de estar sozinho
E de sobreviver de compaixão…

Farrapo que hoje sou e ninguém quer,
Habito o desalento de viver,
Em total abandono e solidão!...

José Manuel Cabrita Neves

Nenhum comentário:

Postar um comentário