Homenagens e Cartões

Total de visualizações de página

sábado, 15 de outubro de 2016

APOGEU POÉTICO TEMA - SOLIDÃO - SOLITÁRIO NA MULTIDÃO" – ANTONIO CARLOS ALMEIDA




Não há quem não viveu este tempo
Contraponto do ponto que classifica solidão

Assim quando ninguém compreende

O que bate forte em coração que sente.

Navega num mar em deserto de águas

Noites sem lua em espuma das mágoas

Se afasta do que não lhe traz

A tão almejada paz.

Do brilho do sol ou a luz da lua,

Com o frescor do vento em calmaria

Nada conclui o que tanto flui

Da solidão aflição que o conduz.

Parte o aflito

Entre tantos que não quantificam

Do que significa querer amanhecer

Sem a solidão que abate um ser.

Antonio C Almeida
A imagem pode conter: 1 pessoa , texto


Nenhum comentário:

Postar um comentário