Homenagens e Cartões

Total de visualizações de página

sábado, 15 de outubro de 2016

APOGEU POÉTICO TEMA - SOLIDÃO - SOLIDÃO– JOÃO URAGUE FILHO


Que sempre se está só, porquanto a vida,
Não mais que solidão compartilhada. . .
Trilhamos todos juntos mesma estrada,
Conquanto não se possa repartida!

Nascemos só na vida inusitada,
E só nos damos conta na partida;
Que é preciso levá-la por vivida,
Na carroça do tempo ao pé do nada!

Por sorte nos ligamos de repente,
Quais elos que se juntam na corrente,
Nos damos entre os dedos pela mão;

Mas no final da estrada só nos resta,
O travo amargo, qual se fim de festa
Nos fosse a morte eterna solidão!
João Urague Filho



Nenhum comentário:

Postar um comentário