Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017




Apogeu Poético Festivo 
18 de fevereiro Aniversário de Antonio Aleixo Patrono AVL...
Patrono: Rubem Alves
Acadêmico: Luizão Bernardo
Cadeira: 29

Intrépido poeta


Um poeta luso de brios e valor de forma inata

Era semianalfabeto porem um inconformado

E transformou-se inteiro em poeta autodidata

Deixando assim muito mestre ensimesmado



E de sua pequena cidade torna-se itinerante

Hábil com palavras e ideias se apresentava

Na França ingressa como simples emigrante

Enquanto ele trabalhava escrevia e pensava



Dos mais pobres se torna seu maior porta voz

Na defesa dos humildes enfrentou poderosos 

Foi derrotado somente por uma doença atroz



Antônio Aleixo no Algarve era rio, fonte e foz.

Deixa como legado vários poemas primorosos

Os versos que ainda hoje encantam a todos nós


Luizão Bernardo / Seropédica – RJ

17 de fevereiro de 2017





Um comentário: